Personalidades da fruticultura brasileira

Luiz Carlos Donadio

Donadio

Formado em 1968 na ESALQ/USP, em Piracicaba-SP, desde a época de estudante já tinha escolhido a área de fruticultura para trabalho, sob a orientação do prof. Célio Moreira.  Após formado começou sua carreira no Instituto Agronômico de Campinas (IAC), na Seção de Citricultura, sob a direção do Dr. Ody Rodriguez. Cooperou na Comissão Organizadora do 1º Congresso Brasileiro de Fruticultura, organizado pela SBF em 1971, então presidida pelo Dr. Orlando Rigitano. Ganhou bolsa de estudos da Fundação Gulbenkian, de Portugal, onde estagiou em 1972.  Em 1974 foi contratado pela FCAV/UNESP, em Jaboticabal-SP, já como doutor, titulo obtido em 1972 na ESALQ/USP.  Na UNESP organizou, com outros docentes, o primeiro curso de pós-graduação, foi chefe do Depto de Produção Vegetal, membro do Conselho Universitário e presidente da Associação dos Docentes. Como orientador de graduação e pós graduação foi um dos que mais orientou no Curso de Produção Vegetal e trouxe diversos alunos do exterior para cursar o mestrado e o doutorado na Unesp.

Em 1981 organizou como presidente o primeiro congresso da Interamerican Society Tropical Horticulture (ISTH), em Campinas-SP.

Foi agraciado pelo CNPq com bolsa de estudos de pós-doutorado na Florida e visitou vários países participando em congressos de citricultura, da ICS, e em horticultura, da ISHS, das quais foi representante no Brasil.   Em 1989 fez estagio na citricultura portuguesa, com apoio do CNPq, para estudo da história da origem da laranja Pera.

Em 1982, fundou a Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro (EECB), com outros técnicos e com apoio da Unesp. Foi diretor cientifico da EECB durante 20 anos, ate 2002.

Publicou  trabalhos na área de fruticultura e mais de 20 livros, e entre os mais recentes,   Frutas Brasileiras, Frutas Exóticas, História da Fruticultura Paulista, em 2010 e Dicionário das Frutas e  Valor Nutricional de Frutas, em cd, em 2012. Coordenou pela Sociedade, com apoio da Funep, a edição de várias séries de livros sobre frutíferas nativas.

Organizou vários eventos na área de fruticultura, entre os quais os Simpósios Internacionais de Citricultura, o Congresso de Viveiristas de Citros, simpósios brasileiros de manga, abacate e outras frutas.

Foi agraciado com vários prêmios, tais como o Hall da Fama da Citricultura Brasileira, em 2002, Engº  Agrº  Destaque da Citricultura Brasileira, em 1998, e  Mérito como um dos fundadores da EECB, nos seus 25 anos de fundação.  

Foi presidente da Sociedade Brasileira de Fruticultura nos períodos de 1985 a 1987, de 1999 a 2001 e de 2001 a 2002.

Foi um dos fundadores do site TODAFRUTA  e é membro do Conselho da Revista Brasileira de Fruticultura.   Atualmente é membro do Conselho Consultivo da SBF.