Notícia

SBF e RBF presentes no IV Simpósio Brasileiro do Abacaxizeiro

Imagem1[1]

Foi realizado no período de 15 a 17 de junho do corrente ano, na cidade de Bauru, São Paulo, o 4º Simpósio Brasileiro do Abacaxizeiro, com o objetivo de contribuir significativamente para o desenvolvimento da atividade para atingir maiores avanços no sistema de produção, especialmente nos aspectos referentes à produtividade, qualidade e sustentabilidade. A Comissão Organizadora do Simpósio esteve sob a coordenação do Prof. Dr. Aloisio Costa Sampaio da Faculdade de Ciências da UNESP, Campus de Bauru. Diversos temas foram abordados, destacando-se: novas cultivares (IAC Fantástico, Imperial e Vitória); aspectos do mercado e da comercialização de fruta fresca e suco do abacaxi para o mercado doméstico e internacional (exportação para o MERCOSUL e Europa); bromelina (usos, extração e mercado); manejo da cultura do abacaxi no Brasil, na Costa Rica e na Venezuela; fisiologia do crescimento e reprodução (indução floral), colheita e pós-colheita; produção integrada da cultura; demandas de associações e cooperativas de produtores.
O evento contou com a participação de expressivo número de produtores de abacaxi, pesquisadores, professores, estudantes, cooperativas e associações, empresários (comerciantes e indústrias), além de interessados sobre o tema de regiões produtores do Brasil.
A Sociedade Brasileira de Fruticultura esteve representada no evento pelo seu presidente Abel Rebouças São José e o segundo tesoureiro Marco Antonio Vasconcellos.
Contou também com a presença do editor da Revista Brasileira de Fruticultura (RBF), Dr. Carlos Ruggiero.
A SBF parabeniza aos realizadores pelo Simpósio e excelente nível dos conferencistas e debates que se sucederam durante o evento e pela oportunidade de intercâmbio, troca de experiências entre os diversos elos da cadeia produtiva do abacaxi presentes. Eventos dessa natureza fortalecem a fruticultura brasileira, tornando-a mais competitiva e gerando riqueza, renda e emprego para o país.